(11) 4726-9310/ 94224-7107 ckleine_reproducaohumana@hotmail.com

O que é Infertilidade?

O que é infertilidade? A infertilidade conjugal pode ser considerada como uma condição comum associada de maneira importante com aspectos psicológicos, econômicos, demográficos e médicos. Define-se infertilidade o preceito que determina a não ocorrência de gravidez após um ano de relações sexuais bem distribuídas ao longo do ciclo menstrual, realizadas sem a utilização de métodos contraceptivos.
Deve-se levar em consideração que infertilidade não é a incapacidade definitiva em gerar uma nova vida, bem como a ocorrência de uma gravidez não excluir o fato de haver existido infertilidade durante uma fase da vida reprodutiva do casal.
A infertilidade pode ser classificada em primária e secundária. Infertilidade primária é aquela em que nunca houve uma gestação, enquanto infertilidade secundária implica o fato de haver ocorrido uma gestação com ou sem aborto ou anteriormente ao período atual de não gestação.

Conceito e frequência
Comumente, um casal é considerado infértil quando tenta engravidar, sem sucesso, por mais de 18 meses . Nesse caso, seria adequado consultar um médico capacitado em infertilidade. Claro que esse não é um conceito geral e há casos específicos.

N

Causas possíveis da Infertilidade feminina:

  • Endometriose
  • Ovários policísticos;
  • Síndrome dos vários policísticos;
  • Cistos Ovárianos;
  • Má formação uterina;
  • Miomas uterinos;
  • Transtornos hormonais;
  • Tumores genitais;
  • Tumores hipofisários;
  • Problemas na Tireoide.
N

Causas possíveis da Infertilidade Masculina

  • Má formação genital;
  • Tumores;
  • Alteração Epidídimo;
  • Tumores Hopifisários;
  • Traumas testiculares;
  • Varicocele;
  • Vasectomia
  • Azoospermia;
  • Criptozooespermia;
  • Ejaculação Retrógada.

Frequência

dificuldade de engravidar acomete, aproximadamente, de 15% a 20% dos casais. Essa frequência está aumentando nas últimas décadas por causa da tendência das mulheres engravidarem com idade mais avançada e ao aumento do número de casos de endometriose.

O gráfico abaixo representa a frequência em que ocorrem os diferentes fatores que impedem a gravidez e, consequentemente, quais casais necessitam de tratamento para engravidar.

* ESCA – Esterilidade Sem Causa Aparente

Alguns dados interessantes podem ser visualizados nesse gráfico. Em primeiro lugar, vemos que mesmo com todo o avanço no arsenal diagnóstico dos últimos anos, ainda temos 15% de infertilidade sem causa aparente. Além disso, como se pode observar, em 40% das vezes temos múltiplas causas femininas responsáveis pela dificuldade em engravidar e, em 15%, um misto de causas femininas e masculinas geram essas dificuldades.

Isso reforça o conceito de que é imprescindível a realização da pesquisa diagnóstica completa em casais inférteis, mesmo quando já consideramos a possível causa de sua dificuldade para engravidar. Inclusive, não é porque um homem vasectomizado chega ao consultório que devemos nos esquecer de investigar a mulher.

Endereço

Rua Princesa Isabel de Bragança, 235

Centro – Mogi das Cruzes – SP

Edifício Helbor Tower – 11° andar – sl. 1110

Contato

(11) 4726-9310 | 94224-7107 (WhatsApp)

Email

ckleine_reproducaohumana@hotmail.com

©2018 Clínica Kleine. Todos os direitos reservados. As informações contidas aqui têm caráter meramente informativo e educacional. Este site não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte seu médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina. Diretor Técnico: Dr. Benedito Kleine – CRM- 41789